Principais indicadores financeiros para o seu negócio em 2021

Principais indicadores financeiros para o seu negócio em 2021

Tendo em vista o cenário difícil de gestão empresarial causado pela crise sanitária e econômica que estamos vivendo, nosso time de consultores elaborou um guia para facilitação de acompanhamento de performance do seu negócio. Aqui, você vai encontrar uma lista das principais métricas que usamos para auxiliar nossos clientes a ter assertividade no controle gerencial e prover as ferramentas necessárias para a otimização empresarial. 

Métricas Contábeis:

  • Faturamento: soma dos valores recebidos pela venda de produtos ou serviços em determinado período. Em outras palavras, é tudo que entra de dinheiro para a sua empresa em troca de uma prestação de serviços ou venda de produtos. Pode ser analisado em diferentes janelas temporais, sendo estas as mais comuns: mensais, trimestrais e anuais.
  • Lucro Bruto: receita da empresa menos os custos diretos e indiretos relacionados à operação do negócio (bens ou serviços). Lucro líquido = receita total – custos e despesas totais.
  • EBITDA: lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização. Mede o potencial de geração de caixa da empresa. EBITDA = lucro operacional (EBIT) + depreciação + amortização.
  • ROI: A sigla vem do inglês Return Over Investment, retorno sobre o investimento. Calcula a partir da seguinte fórmula: (Retorno Obtido – Valor Investido)/Valor Investido X 100. Através dele é possível mensurar o retorno real obtido a partir de novas empreitadas no negócio, mensurando performance e sendo um excelente indicador para auxiliar no processo de tomada de decisão de novos investimentos. 
  • Giro de Estoque: (Produtos Vendidos / Total de Produtos no Estoque). Mede a velocidade que o estoque foi renovado em um período. Resultados menores que 1 indicam que restaram produtos em estoque, e resultados maiores que 1 indicam que todos os produtos foram renovados pelo menos uma vez. 

Métricas Gerenciais: 

  • Break Even: momento em que o lucro líquido é zero, ou seja, a receita total é igual à soma de todos os custos e despesas da empresa. Pode ser calculado em valor monetário ou em número de produtos/prestações de serviço e ajuda a determinar a partir de que ponto o negócio se torna lucrativo. Para calculá-lo, basta dividir os custos fixos pelo ticket médio para se obter o nº de produtos ou prestações de serviços necessários para se ter lucro = 0.
  • Margem de Lucro: margem adicionada aos custos do produto ou serviço para definir o lucro esperado sobre a venda. É utilizada para formação de preços e é calculada através da seguinte fórmula: 1- (Preço / Custo).
  • Margem de Contribuição: Receita Total – Custos & Despesas Variáveis. Valor da receita total que sobra para a empresa pagar os custos e despesas fixas. Através da manutenção e maximização da margem de contribuição é possível ter um impacto direto no resultado final do negócio em termos de lucro, além de guiar o processo de precificação de produtos de serviços. 
  • Liquidez Corrente: ativo circulante dividido pelo passivo circulante, ou seja, contas do ativo com maior liquidez, dividido pelas contas do passivo com maior liquidez. Mede a capacidade da empresa de arcar com as suas obrigações no curto prazo.
  • Lucratividade: (Lucro Líquido / Receita Líquida) X 100. Ela mede o percentual da receita que realmente é lucro após descontar todos os custos e despesas.
  • Rentabilidade: Calculado por meio da seguinte fórmula: (Lucro Líquido / Investimento) X 100 . Mede o quanto a empresa é capaz de gerar retornos a partir do capital investido.
  • Ticket médio: Faturamento Total / Vendas Totais OU Nº de Clientes. Ajuda a entender qual a receita média de cada venda ou cliente.

Na MHM, prestamos um serviço de qualidade, a fim de proporcionar números confiáveis para tais cálculos. Ainda, oferecemos um atendimento diferenciado de entender a situação de cada cliente e buscarmos juntos as melhores alternativas para melhorar esses e outros indicadores. Conte conosco para entender o seu cenário e ajudar a alavancar o seu negócio!

Nenhum comentário

Adicione seu comentário