É melhor ser PJ ou PF?

É melhor ser PJ ou PF?

Por conta dos tempos economicamente difíceis que estamos vivendo devido à atual crise sanitária gerada pela pandemia do novo coronavírus, estamos recebendo muitas perguntas sobre a entrada e reentrada do mercado de trabalho. Infelizmente, o Covid-19 levou muitos brasileiros a perderem seus empregos e obrigou muitas pessoas a reinventarem profissões, carreiras e negócios.  

Diante deste cenário, escolhemos uma das questões mais perguntadas para responder aqui e lhe ajudar nesse período de transição. Afinal, é melhor ser PJ ou PF?

Antes de entrar mais a fundo no assunto, vale mencionar que qualquer pessoa pode escolher sua modalidade de contratação, lembrando claro que  o contratante fará a opção de qual modalidade ele quer para o serviço. Com isso, preferimos já desmistificar de antemão que não existe fórmula mágica e a resposta mais assertiva é: depende. 

Essa é uma escolha que deve ser guiada principalmente pela situação financeira de cada um, tornando impossível qualquer generalização. Para isso, é muito importante fazer um planejamento financeiro que vá ajudar a orientar sua decisão. Nele, deve-se colocar na balança, exatamente o quanto receberá e o quanto precisará pagar de impostos em cada uma das modalidades de contratação (Pessoa Jurídica ou CLT). 

Além disso, existem alguns outros pontos a serem analisados para a tomada de uma boa decisão. Entenda agora todas as vantagens e desvantagens de ser PJ ou PF.

VANTAGENS DE SER PF

  • Estabilidade de emprego
  • Respaldado pela CLT
    • Recebe 13º salário
    • Recebe seguro desemprego
    • FGTS
    • INSS
    • Horas extras
    • Tem limite máximo de 44 horas semanais
    • Vantagens de convenções

DESVANTAGENS DE SER PF

  • Tem mais descontos incidindo sobre o seu salário
  • Geralmente recebe um valor líquido menor 
  • Pode estar restrito a trabalhar em somente uma empresa
  • Precisa ter pessoalidade e habitualidade 
  • É legalmente subordinado à alguém

VANTAGENS DE SER PJ

  • Valor total pago em impostos é menor
  • Não tem subordinação
  • Não tem horário específico
  • Pode trabalhar em mais de uma empresa ao mesmo tempo
  • Tem mais autonomia no planejamento da sua prestação de serviço
  • Recebe um valor líquido maior pela prestação de serviços

DESVANTAGENS DE SER PJ

  • Sem estabilidade de emprego
    • Vínculo depende de serviços específicos
  • Não tem carteira registrada, ou seja, não é resguardado pela CLT
  • Obrigatoriamente deve ter uma empresa aberta
  • Os impostos são pagos mensalmente

Agora você já tem todas as informações necessárias para tomar uma decisão mais assertiva para a sua situação de vida e preferências. Independente da escolha, entretanto, será necessário ter a intermediação de um contador, para cálculos e envio de impostos, análises salariais, consultorias com pessoas especializadas de acordo com a lei vigente, entre outros aspectos. No caso de PJ, também tem toda segurança para abertura da sua empresa, onde não precisará se preocupar com a parte burocrática de todo o processo.

Nenhum comentário

Adicione seu comentário